Perguntas frequentes

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes

O que é um Orçamento?

Plano monetário que pode ser representado por um quandro onde se inscrevem os rendimentos e as despesas previstas.

O que é um Rendimento?

Entrada de dinheiro: mesada, salário, juros, rendas, etc.

O que é uma Despesa? Como classificar uma despesa?

Saída de dinheiro. Podemos dividir em despesas fixas (mensalidade de telemóvel, net, etc), correntes (gastos diários como um café) e despesas ocasionais, que ocorrem de vez em quando (como a compra de um jogo novo).

O que é a Taxa de Juro?

Custo do dinheiro, aquilo que recebes quando aplicas o teu dinheiro ou pagas quando recorres ao crédito.

Como funciona um contrato com Taxa de Juro Fixa?

Quando os juros que recebes da aplicação que fizeste ou os juros que pagas pelo crédito que te concederam é calculado com base numa taxa de juro que não varia ao longo de um período de tempo definido, mesmo que as taxas de juro de mercado sofram alterações. Desta forma, no caso do crédito, a tua prestação mantém-se constante ao longo do período em que a taxa de juro foi definida como fixa. A contratação de uma taxa de juro fixa elimina a incerteza quanto ao valor da tua prestação no futuro.

Como funciona um contrato com Taxa de Juro Variável?

A taxa de juro que contratas para a tua aplicação ou para o teu crédito está indexada a uma taxa de mercado (normalmente a taxa Euribor), assim o valor dos juros que recebes ou pagas varia periodicamente em função da variação da taxa Euribor. Normalmente, no caso do crédito, a prestação que pagas pelo teu crédito é revista com uma periodicidade de 3, 6 ou 12 meses, pelo que, se as taxa de juro no mercado (normalmente a taxa Euribor) subir a tua prestação também será revista em alta.

O que é a Taxa Euribor (European Interbank Offered Rate) ?

E uma taxa de juro à qual negoceia um conjunto de bancos europeus e internacionais. Serve de referência a muitos contratos financeiros, quer sejam contratos para a aplicação de poupanças quer sejam operações de concessão de crédito.

O que é a Taxa de juro nominal?

Taxa de juro expressa em termos monetários.

O que é a Taxa de juro passiva?

Taxa de juro que remunera os depósitos bancários. Designa-se por passiva porque se regista nas contas do Passivo dos bancos, visto representar uma responsabilidade do banco.

O que é a Taxa de juro preferencial (prime rate)?

Taxa praticada pelos bancos na concessão de empréstimos aos seus melhores clientes.

O que é a Taxa de juro real?

Taxa de juro expressa em termos reais, isto é, será a taxa de juro nominal corrigida da inflação.

O que é o spread num contrato de crédito?

È a margem que os bancos somam à taxa de juro nominal na determinação da taxa contratual, isto é, quanto maior for o spread, tudo o resto igual, maior será o valor da prestação que irás pagar. Esta margem serve para remunerar o banco e compensar o mesmo dos riscos de conceder o crédito e será tanto mais baixa quanto melhor o cliente.

O Rendimento esperado é um rendimento certo?

O rendimento esperado depende da probabilidade de determinados resultados específicos ocorrerem, assim quando se fala de rendimentos esperados não existe a certeza de que os mesmos se venham a verificar.

O que é um Depósito?

É uma operação bancária em que os bancos aceitam e captam fundos, assumindo a qualidade de devedores perante os depositantes a quem pagam um certo juro (operações passivas). Esses fundos são, por sua vez, geradores de crédito (operações activas) quando os bancos emprestam o dinheiro depositado a terceiros.

Como se distinguem os Depósitos?

Consoante o grau de exigibilidade e o tempo de utilização, podemos distinguir três modalidades de depósitos: depósitos à ordem (que podem ser mobilizados a qualquer momento), depósitos a prazo (que só podem ser mobilizados sem perda dos juros no prazo negociado) e depósitos com aviso prévio (que podem ser mobilizados sem perda dos juros mediante um aviso acordado).

O que são e como funcionam os Cartões de Débito?

São cartões electrónicos atribuídos a um titular que os pode utilizar para efectuar pagamentos que são de imediato debitados na sua conta bancária.

O que são e como funcionam os Cartões de Crédito?

São cartões electrónicos atribuídos a um titular que os pode utilizar para efectuar pagamentos obtendo com a sua utilização um crédito automático que pode ser pago na sua totalidade num prazo definido, normalmente sem encargos financeiros, ou pago a prazo com prestações que incluem juros. Este crédito automático está limitado e varia de cliente para cliente.

O que é a Poupança?

A poupança é a parte do rendimento disponível que não consomes. Com a poupança diferes consumo, ou seja, deixas de consumir hoje para consumir mais no futuro. A poupança permite-te, entre outras coisas, realizar projectos no futuro, responder a qualquer imprevisto, acumular um capital que capitaliza de ano para ano, em suma poupar proporciona-te liberdade para agir no futuro.

Capitalização, como funciona?

A aplicação que fizeres das tuas poupanças, por exemplo num depósito a prazo, garante um juro periódico: anual, semestral, trimestral ou mensal, que somado à tua poupança aumenta o seu valor inicial, assim com o passar do tempo a tua poupança cresce.

Num Crédito que conceitos deves conhecer?

Capital - Montante, excluindo juros, emprestado por uma instituição de crédito.
Juro - Montante devido ao credor (instituição de crédito), como remuneração do crédito atribuído e que se vem somar ao capital.
Taxa de Juro - Percentagem aplicada ao capital para determinar o total da remuneração devida ao credor.
Taxa Anual Efectiva Global (TAEG) - Custo total do crédito para o consumidor (despesas de cobrança de reembolsos e pagamentos de juro, bem como restantes encargos obrigatórios a suportar pela entidade credora), expresso em percentagem anual do montante do crédito concedido.
Prazo de vencimento - Data precisa em que um pagamento/prestação deve ser efectuado.
Mensalidade ou prestação - Valor devido/pago, por mês, ao credor (instituição de crédito).
Spread - Margem percentual adicionada pelo banco à taxa de juro de referência (indexante).

LIGAÇÕES